MENU

O QUE VOCÊ PROCURA?

  • 01/04/2020

    Recuperação estrutural com fibra de carbono: conheça esta técnica inovadora

    A madrugada do dia 27 de maio de 2015 dificilmente será esquecida pelos moradores da cidade de Criciúma. Naquela data, a história do Paço Municipal Marcos Rovaris estava em chamas. Um incêndio atingiu aproximadamente 500 m² da estrutura e fechou as portas do edifício inaugurado em 1980.

    Naquele ano, ocorreram dois incêndios na sede da Prefeitura, deixando o prédio altamente danificado. A estrutura de concreto armado teve cerca de 50% das edificações comprometidas, e por questões de segurança o local foi completamente isolado.Fibra de Carbono 01

    O engenheiro Edio Castanhel, fundador e CEO da Engenharia Castanhel – construtora de Criciúma, trabalhou em 1979 como engenheiro da prefeitura nas obras civis do Paço, assim como do prédio da Prefeitura. Pelo conhecimento técnico, com relação ao prédio e a experiência da construtora em obras estruturais, foram realizadas vistorias na obra para verificar a melhor maneira de reconstruir o prédio, preservando a sua identidade original.  

    Após discutir a melhor solução junto aos engenheiros envolvidos e com o prédio isolado, chegaram em uma solução para recuperar a estrutura: a utilização da fibra de carbono.

    A equipe técnica da Engenharia Castanhel já havia feito visitas a unidade da BASF anteriormente, em Cleveland, nos Estados Unidos e se tornou especialista na utilização desta nova tecnologia em suas construções.

    E assim, junto com especialistas na área, a construtora auxiliou na solução desenvolvida para a recuperação da estrutura desta obra.

    Iniciam os reparos

    Em maio de 2016 iniciaram os trabalhos de recuperação. Na foto abaixo é possível observar o estado do prédio após o incêndio e as etapas iniciais para a obra.

    Fibra de Carbono 02

    A parte da laje mais afetada devido ao incêndio chegou a ceder em cerca de 27cm.

    Após a execução do escoramento da estrutura danificada houve a execução do projeto de recuperação. Foi demolida parte da viga de bordo da edificação, viga esta que foi determinante para evitar o colapso da estrutura. A próxima etapa do projeto previa macaquear parte da estrutura que cedeu para posteriormente reconstruir a viga demolida. Fibra de Carbono 03 As regiões dos pilares afetados no incêndio também foram totalmente escoradas para reconstrução dos mesmos. No total foram reconstruídos 4 pilares com seção maior do que os originais. Confira imagens deste processo abaixo: Fibra de Carbono 04Após a reconstrução e recuperação de toda a estrutura foi aplicado o reforço estrutural com fibra de carbono em algumas áreas da estrutura, detalhadas e indicadas no projeto. Conforme as imagens abaixo: Fibra de Carbono Recuperação Após a conclusão dos trabalhos, Edio Castanhel se diz muito satisfeito com o resultado. “Confesso que chorei quando vi o prédio incendiado. Porém, hoje fico muito feliz em ver que através da engenharia e da inovação, conseguimos entregar esta obra de volta ao cidadão criciumense, preservando seus traços originais. Lembrando que esta obra foi um marco da engenharia no ano de 1980 e continua moderna até os dias de hoje”, contou. 

    A recuperação estrutural foi concluída no início de 2017.

    Prefeitura de Criciúma

     A fibra de carbono é um material que tem sido fortemente recomendado por especialistas no assunto e sua aplicação tem sido cada vez mais comum na construção civil devido a seus inúmeros benefícios. Entre os diversos benefícios podemos citar: Rapidez na obra, Alta Resistência, Segurança e Durabilidade.

    A fibra de carbono é indicada em construções que passam por intervenções não previstas (reformas, incêndios, sobrecarga, etc) ou qualquer alteração de projeto que desvie do que foi projetado originalmente.

    Essa solução exige a contratação de uma empresa especializada na aplicação, uma vez que se não for bem aplicada o resultado pode deixar em muito a desejar e comprometer ainda mais a estrutura inicial.

    A equipe técnica da Engenharia Castanhel, construtora localizada em Criciúma, após treinamentos na unidade da BASF nos Estados Unidos, se tornou especialista na aplicação da fibra de carbono. A empresa foi pioneira na região sul de SC ao executar a recuperação estrutural utilizando essa tecnologia.

    Se você deseja saber mais sobre Recuperação Estrutural com Fibra de Carbono, ou possua alguma obra que necessite da sua utilização, entre em contato conosco.

    VOLTAR
    Compartilhar:

CAYMAN BACKEND